A cooperativa CAFESUL está equipada.

cafesul-fairtrade

A Cooperativa de Produtores de Café do Sul do Espírito Santo, CAFESUL, localizada em Muqui no estado do Espírito Santo, inaugurou as instalações do projeto de expansão da infraestrutura de transformação, armazenamento e comercialização de café, um investimento social da Fundação Banco do Brasil e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) de US$ 1,2 milhões na cadeia de produção de café daquele estado.

O Presidente da CAFESUL, Carlos Renato Theodoro, disse que “reforço das infraestruturas promove a melhoria da qualidade do café e a capacidade de produção cooperativa. Este investimento requer maior cooperação com a estrutura e a logística necessárias para satisfazer os mais exigentes mercados do mundo.”

Durante o evento, também foi realizado o 5º concurso de Qualidade do Café Conilon de CAFESUL, a fim de promover a melhoria da qualidade do café e a produção sustentável, bem como uma exposição de artesanato produzido pelo Grupo de Mulheres de CAFESUL, com detalhes que representam a história da cidade e do folclore de Muqui. Este ano, a Cooperativa irá organizar o primeiro Concurso de Qualidade do Café das Mulheres da CAFESUL, incentivando-as a produzir café de qualidade.

Atualmente, CAFESUL tem 140 parceiros em seis municípios do Espírito Santo. Ela obteve a Certificação de Comércio Justo em 2008 e é apoiada pela equipe da CLAC desde 2014 na área de manutenção da certificação, fortalecimento organizacional e planejamento. CAFESUL tem diversos projetos com seus parceiros e incentiva a melhoria da qualidade do café usando o Prêmio Fairtrade. Entre estas iniciativas destacam-se o Concurso de Qualidade do Café, o Projeto de Assistência Técnica Coletiva, trabalho de fidelização dos parceiros, o projeto de conservação e recuperação de nascimentos de água e do solo, entre outros.